Irregularidades no metrô de Fortaleza ainda não foram solucionadas

Nova fiscalização do Tribunal de Contas da União (TCU) nas obras de implantação do trecho sul do metrô de Fortaleza aponta que não foram adotadas medidas para correção de irregularidades identificadas anteriormente. Segundo o ministro-relator, Raimundo Carreiro, a empresa responsável pelos serviços prestados “persiste” no desrespeito aos limites relativos a supressões e acréscimos de serviços estabelecidos inicialmente em contrato. Leia mais

Direito adm

REVISAÇO

SERVIDOR PUBLICO

Noções

revisaço